comentar
publicado por O-live, em 04.04.10 às 14:47link do post | favorito

Este é o meu primeiro ano no ensino superior, mas durante este pouco tempo ja me apercebi e confrontei-me com várias realidades.

Já me confrontei com várias situações de pessoas que tiveram de desistir de frequentar a faculdade. Porque? Porque não tiveram dinheiro para sustentar o "ensino público". "O dinheiro que amieilhei durante 14 anos foi-se todo um instante, reprovei a algumas cadeiras e não me renovaram a bolsa. Fui obrigado a desistir. Os meus pais também não tinham meios financeiros suficientes para eu frequentar a faculdade. Fui obrigado a abandonar o ensino superior" (Actualmente este amigo meu que andava na mesma faculdade que frequento trabalha numa cadeia de supermercados)

Já me confrontei com a situação em que a equipa de desporto da faculdade de que faço parte pôs em cima da mesa pagar o exame médico de admissão para competição de um jogador da equipa. Um exame médico de 15 euros! Se é muito para algo que supostamente deveria ser gratuito e um direito da juventude? Concerteza. Mas não é isso que me preocupa. O nosso colega de equipa não tinha dinheiro para pagar o exame médico porque tinha a bolsa de estudo em atraso. Se ele não consegue pagar um exame de 15 euros, imaginem então o que ele não passará para conseguir deslocar-se nos transportes públicos, o que ele não passará para poder comprar os livros que necessita, o que passará para contar os centimos para ir comer à cantina.

 

Tal como o meu amigo que foi obrigado a deixar de frequentar a faculdade ou o colega de equipa que não teve dinheiro para pagar o exame médico, há milhares de outros casos em Portugal, no ensino superior, com contornos identicos.

Os estudantes não são diferentes de mim, os olhos e ouvidos são iguais... mas os estudantes querem fechar os olhos e tapar os ouvidos ao que os rodeia. Acaso existe VIOLENCIA que se compare a esta? Mais quotidiana e mais suja e mais cruel e mais cheia de indiferença?

 

Dá pena ver que não deixas mais caminho, que responder à força com força. À força da repressão dos direitos dos estudantes e da juventude portuguesa o único caminho é a luta organizada! A luta dos estudantes a cada dia que passa, a cada abaixo assinado, a cada concentração, a cada manifestação, e cada punho erguido fará cair a muralha da ofensiva aos nossos direitos! Os nossos direitos consagrados por Abril, um ensino superior público gratuito democrático e de qualidade para todos!

 

Só a luta é o caminho!


comentar
publicado por O-live, em 04.04.10 às 14:41link do post | favorito

Há uns tempinhos que não passava por aqui... principalmente porque me tinha esquecido da palavra pass para editar o blog... só passado muitos meses lembrei-me que afinal não é preciso nenhuma palavra pass própria do blog... ahah... sou mesmo estupido...

 

 


mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


arquivos
pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds